aulas

   bibliografia

   links   

   contato

   


Quem é o dono do Yoga?


Nesta discussão em torno do assunto Educação Física X Yoga, parece que vamos acabar vendo o mesmo filme que o pessoal da Acupuntura está vendo em relação aos médicos que querem o monopólio desta atividade
Não se pode abrir uma fatia no mercado sem que apareçam logo os pretendentes a "dono" do negócio.
Gostaria de sugerir a reflexão em cima de uma abordagem que creio ainda não foi levantada: nem Yoga deve ser propriedade da Educação Física, nem esta tem nada absolutamente a ver com Yoga.
Tem a ver sim. Tem muito a ver até. Yoga também mexe com corpo e com reeducação corporal. Com asanas estáticos, mas com movimento também. E com alongamento e com força. Vejam, por exemplo, Yoga Sukshma, Pavana Muktasana, Surya Namaskara. Técnicas com forte trabalho de condicionamento físico - embora os professores de Yoga saibam muito bem que estas técnicas tem na verdade uma atuação muito mais ampla e profunda. Isso sem falar em Power Yoga e Yoga Fitness que possuem uma tônica de trabalho corporal intenso, e também o Vinyoga que com as técnicas de vinyasa trabalha uma interessante "ginástica" em cima das asanas.
Yoga realmente tem muito a ver com a educação e com o físico.
Mas por outro lado, o Yoga também é profundamente terapêutico, e como trabalha bastante os ossos, articulações e músculos, e ministra técnicas de cura corporal, de repente pode ser que apareça um professor de Yoga fisioterapeuta reclamando para a Fisioterapia o monopólio do Yoga...
E aliás, com toda a razão, afinal a própria Yogaterapia acaba tendo uma função geralmente bastante fisioterápica - pelo menos no início do tratamento - pois a demanda mais premente dos alunos/clientes acaba sendo quase sempre a questão física e o problema da dor.
E o que dizer então das demandas psicológicas e emocionais ? O Yoga em sua natureza essencialmente holística, não atua também profundamente na psique e nas emoções? Será que também vai aparecer um professor de Yoga psicólogo que vai tentar ficar com o Yoga para a Psicologia ?
Quem será afinal o dono do Yoga ?
Os professores de Yoga - aqueles que conhecem Yoga porque estudaram Yoga, sem ter sido preciso necessariamente estudar Medicina ou Educação Fisica, Psicologia ou Fisioterapia (embora tenhamos estudado muito Anatomia, Fisiologia e Psicologia) - sabem muito bem que a principal característica do Yoga, fruto das profundas percepções dos sábios do passado, é interagir sempre em todos os níveis do ser: físico, psíquico, emocional, energético e espiritual, e sempre simultaneamente do interno para o externo e do externo para o interno. E os professores de Yoga sabem também, pelos motivos citados anteriormente, que o Yoga se interrelaciona multidisciplinarmente com todas as áreas do conhecimento humano.
Nós, professores de Yoga, também sabemos perfeitamente que Yoga não é tão somente um conjunto de técnicas. Educação Física é.
Yoga é um processo de autoconhecimento, de cura da doença fundamental - mãe de todas as doenças - que é avidya, a ignorância.
A grande diferença, a fundamental diferença do Yoga para a Educação Física, é que para ser professor de Yoga tem-se que ser yogue 24 horas por dia. Yoga é filosofia de vida, é prática pessoal constante do autodesenvolvimento integral.
Yoga é patrimônio da humanidade, não é propriedade de nenhuma área em especial, senão de todas.
Essa estória da Educação Física de "mexeu com o corpo e não está doente, é com a gente" não expressa toda a verdade, pois o Yoga, em seu caráter simultaneamente preventivo e curador, acolhe os que não estão e os que estão doentes.
Bem, espero que não acabe agora vindo algum professor de Yoga médico querendo também embolsar o Yoga para a Medicina...

Ernani Fornari
Dharmendra


 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
sobe