aulas

   bibliografia

   links

   

   contato

   


Os deuses hindus e os mantras


No processo coletivo de busca pelo resgate de sua natureza original – a Unidade – a humanidade, entre  outros procedimentos teológicos, ideológicos, psicológicos e filosóficos, criou os deuses a sua imagem e semelhança. Todas as culturas desenvolveram uma mitologia com sua profunda e complexa simbologia e funcionalidade.
Quando eu crio um deus, estou projetando fora de mim aquela qualidade, talento ou virtude que eu já possuo, não faço contato, penso que não tenho (embora inconscientemente saiba que tenha) e sinto que preciso de uma referência externa para me outorgar estas qualidades (na verdade, seria para liberar em mim estas qualidades).
E aí eu idealizo um ser (com forma humana ou meio-humana) poderoso, e com uma super qualidade ou um super talento específico em alguma área, e me conecto com ele num jogo de espelho onde eu me reconheço naquela qualidade.
Os deuses funcionam nessa transferência como uma das muitas formas (os animais de poder, por exemplo, é uma outra forma) de puxar de dentro de nós as qualidades e talentos que pensamos que nos faltam.
E é claro, como tudo é Um, as mesmas virtudes e qualidades que estão dentro de cada um, estão em todo o Universo e são gerenciadas por energias inteligentes que habitam dimensões mais sutis, que na perspectiva do Hinduísmo são os deuses.     
Mantras são palavras de poder que tem a capacidade de mobilizar energia. Mantra quer dizer, em sâncrito, instrumento (tra) de pensar (man). Originalmente os Mantras eram em sânscrito, que é um idioma antigo cuja fonética foi desenvolvida para criar vibrações e mobilizar energia, hoje temos Mantras em todos os idiomas pois o poder maior que move esta sagrada ciência do som, é a intenção.
Os Mantras hindus tem a ver com os deuses, e geralmente são compostos pelos nomes destes deuses.  Na Índia, o nome de Deus tem uma importância vital na espiritualidade hindu.
Vendo sob o ponto de vista do Fogo Sagrado, os deuses são os Guardiões, visto que os deuses também tem suas funções, e os Mantras são as senhas, que tem a mesma finalidade de conectar com o lado Luz da vida.
Vamos falar das divindades mais importantes do panteão hindu e sugerir alguns Mantras. Estes Mantras podem ser usados na meditação silenciosa, podem ser cantados com a melodia que você quiser criar, e podem ser pensados em lugar de ficar com a mente viajando pelo passado e/ou pelo futuro que é como ela costuma ficar.

1. GANESHA:

É o deus com cabeça de elefante, filho de Shiva. Simboliza aquele que abre os caminhos, que remove os obstáculos, ou seja, simboliza nosso próprio poder de abrir nossos caminhos e remover os obstáculos.
Na Índia em todas as casas e todos os templos, tem uma imagem de Ganesha na entrada. Sempre que se vai iniciar qualquer coisa, reza-se ou canta-se para Ganesha. 
Ganesha traz a coragem, a determinação, a objetividade.
Este deus também tem a ver com o Conhecimento, pois mitológicamente Ganesha é aquele que compilou os Vedas que iam sendo ditados por um sábio, e que os escreveu usando um pedaço de sua própria presa como “lápis”.
Está relacionado ao Chakra Muladhara.
Está relacionado à Kriya Shakti, o poder de agir, que rompe o Brahma Granthi (o nó psico-emocional do Muladhara chakra)

Mantras:

- Jaya Ganesha, Jaya Ganesha, Jaya Ganesha Pahimam
  Shri Ganesha, Shri Ganesha, Shri Ganesha Rakshamam

  (Salve Ganesha, Salve Ganesha, Salve Ganesha Proteja-nos
   Senhor Ganesha, Senhor Ganesha, Senhor Ganesha Salve-nos)

  1. GANESHA SHARANAM, SHARANAM GANESHA (4 x)

    VAGISHA SHARANAM, SHARANAM VAGISHA (4x)
    SARISHA SHARANAM, SHARANAM SARISHA (4x)


    - OM SHRI GANESHAYA NAMAHA
    (Eu saúdo o Senhor Ganesha)


    - OM SHRI MAHA GANAPATAYE NAMAHA
    (Eu saúdo o Grande Senhor Ganesha)

2. RAMA

Rama é o personagem principal de um grande épico hindu chamado Ramayana que conta a história do filho de um rei que é envolvido em uma intriga familiar e é exilado por 12 anos na floresta com seu irmão e sua esposa, Sita, que é raptada por um demônio. O épico centra-se na recaptura de Sita das mãos do demônio.
Rama simboliza na Índia, o arquétipo da ética, da virtude, da verdade e da justiça, da honestidade, da responsabilidade e do dever.
Todos aqueles que tem algum cargo de poder, os pais, os políticos, os professores, os chefes, os patrões, os militares, devem se espelhar no ideal de Rama.
Está relacionado ao Chakra Manipura  e   a Kriya Shakti, o poder de agir .

Mantra:

SHRI RAMA, JAY RAMA
JAY, JAY, RAMA OM
SHRI RAMA , JAY RAMA
JAY, JAY, RAMA OM

(Senhor Rama, Salve Rama...)

3. KRISHNA

Krishna é a grande divindade hindu do Amor, um dos grandes inspiradores da Bhakti Yoga (Yoga da devoção, o amor Universal).
É o mais importante avatar (encarnação) de Vishnu, o deus que representa a segunda pessoa - o princípio Conservador - da Trindade hindu (os outros são Brahma, o princípio Criador e Shiva, o Destruidor, é o grande “Lavoisier” cósmico…)
Krishna traz a alegria, aleveza, o canto e a dança, a amizade, os sentimentos e as emoções, as relações.
Está relacionado ao Chakra cardíaco (Anahata) e  a Iccha Shakti, o poder de desejar que rompe o Vishnu Granthi (o nó psíquico do Anahata chakra).

Mantra:

HARE KRISHNA, HARE KRISHNA
KRISHNA, KRISHNA
HARE, HARE.
HARE RAMA, HARE RAMA
RAMA, RAMA
HARE, HARE.

(Salve Krishna, Salve Krishna…)


4. SHIVA

Shiva é o grande Senhor do Yoga, e o grande inspirador do Tantra, do Hatha Yoga (Yoga do físico e do energético), do Jnãna Yoga (Yoga do Conhecimento e da Sabedoriae do Raja Yoga (Yoga  da Meditação).
Shiva é o grande arquétipo da transformação, da destruição do velho, do estagnado.
Shiva gerencia tudo o que tem a ver com a mente, com a sensitividade, com o inconsciente, com doença e cura, com morte e reencarnação.
Como personificação do asceta, do yogue, Shiva tem a ver com a meditação , com a renúncia e com a introspecção.
Está relacionado ao Chakra Ajña e  a Jñana Shakti, o poder de conhecer, que rompe o Shiva Granthi (o nó psíquico de Ajña chakra).

Mantra:

OM NAMAH SHIVAYA

(Eu saúdo Shiva)

5. AS DEUSAS

- SARASWATI: Esposa de Brahma, o Criador, é a deusa das artes, dos estudos, do conhecimento, da inteligência.

Mantra : OM AIM SARASWATIAI NAMAHA
(Eu saúdo Saraswati)

- LAKSHMI: Esposa de Vishnu, o Conservador, é a deusa da fortuna, da abundância (material e espiritual), da fartura.

Mantra: OM SHRI MAHA LAKSHMIAI NAMAHA
(Eu saúdo à Grande Senhora Lakshmi)

- DURGA: Um dos aspectos da esposa de Shiva (os outros aspectos são Parvati e Kali) que está relacionada com a transmutação da sombra em Luz, do mal em bem. Durga é a guerreira, a deusa que destrói os demônios internos e restabelece o equilíbrio.

Mantra: OM SHRI DURGAYAi NAMAHA

Ernani Fornari
Dharmendra


 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana

 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 
 
 
 
 
asana
 
 

  
 
 
 
 
 
sobe